Conheça Shura, a russa-britânica que é uma das grandes promessas de 2015

shura

Uma mistura de Solange com La Roux e pitadas de Grimes. Se esses 3 nomes te agradam, é hora de ouvir a Shura.

Eu já tinha lido esse nome por aí, nunca cliquei, mas o nome sempre me interessou. Mas aí eu resolvi quebrar essa constante e dei o play em um vídeo dessa menina. Os sintetizadores pulsantes, a pegada pop anos 80 e o vocal aveludado da russa-britânica me viciaram logo de primeira.

“Indecision” – É meio Solange, é meio La Roux, é completamente viciante.

NOME: Real – Aleksandra Denton / Artístico – Shura

ESTILO: alt-R&B, 80’s pop, 90’s R&B.

ORIGEM: Shura é daquelas que nascem em uma família artística. Ela é chamada de uma cantora britânica/russa. Sua mãe é uma atriz da Rússia e seu pai um produtor de documentários inglês. Aleksandra começou a se interessar por música mesmo aos 16 anos.

INFLUÊNCIAS: Ela é daquelas que conseguem caminhar por dois mundos, o alternativo e comercial. E quando a pessoa caminha por dois mundos assim sem preconceitos, sem purismo, ela tira o melhor dos dois. Suas inspirações vão de Madonna e Janet a Dev Hynes e Patrice Rushen. Ainda tem Diana Ross, Tina, Raphael Saadiq e Prince. Só os clássicos, sem surpresa. Uma de suas maiores inspirações é o “The Velvet Rope” da Janet Jackson! PONTO para a Shura (Samir falando, rs). E também não nega que ama o “The Emancipation of Mimi” da Mariah “The Mimi” Carey. Ah, ela também se diz fã de Drake.

CARREIRA: A britânica começou sua carreira na universidade montando uma banda com o guitarrista Patrick Duncombe. Isso por volta de 2011. O projeto não deu muito certo, e a banda acabou. Em 2013, enquanto ela trabalhava em uma empresa de edição de vídeos, durante o turno da noite, Shura começou a ver tutoriais no Youtube de softwares de produção musical. E aí começou a brincar com eles. Passe alguns poucos anos e ela já estava sendo indicada ao BBC Sound of 2015, aquela lista ultra importante de quem vai ser “quente” no ano. Os vencedores foram o Years & Years, mas ouvindo o EP “White Light”, vemos que ela oferecia perigo a eles.

“2Shy” – Shura em um lado mais fofinho, 80’s pop romântico

DESTAQUES: A indicação ao BBC Sound of 2015, o seu primeiro single oficial, “Touch”, que fez o seu soundcloud explodir de acessos e o remix que criou para o single “Say You Love Me” da Jessie Ware.

CURIOSIDADES: Shura passou seis meses em um trabalho na floresta amazônica, mas que não tinha nada a ver com música. Essa experiência foi uma grande inspiração para sua faceta artística. Ela disse que na floresta, o tempo todo algo tenta te matar, sejam os animais, os mosquitos e até as árvores, cheias de espinhos e defesas naturais, isso a fez sempre ficar atenta. Voltou para Londres cheia de ideia.

ONDE SEGUÍ-LA? Facebook, Soundcloud.

Vale Ouvir também: Ela ainda é nova no mercado, então não é difícil ouvir TUDO que ela já lançou. Eu recomendo fortíssimo. O primeiro single, “Touch”, tem uma deliciosa vibe The XX, o super uptempo “Indecision” é meu favorito. “Just Once”, que fala sobre o desejo de poder voltar no tempo para o momento antes de uma merda épica no relacionamento que destroi tudo. Além disso temos o EP “White Light”, lançado em julho de 2015, com 3 músicas e um remix de cada.

O primeiro cd da Shura está previsto para esse ano, via Polydor Records e Universal Music Group. Vamos ver se sai, No caminho certo já vimos que ela está!

“White Light”, faixa-título do primeiro EP.

shura 2

shura 3

Comentários

comentários

2 Comments

Deixe uma resposta