Lady Leshurr: O discurso de uma rainha do rap

lady-leshurr-ep-4-queens-speech_article_story_large

Ela estourou a internet com seus freestyles, e em 1 semana já tinha mais de 1 milhão de visualizações no youtube, 6 meses depois já são mais de 15 milhões em 1 vídeo, e agora só nos resta esperar os próximos passos dessa grande rapper.

Lady Leshurr, a rapper britânica de 27 anos de Birmingham,  já lançou alguns EPS e um cd independente, mas foi em agosto desse ano que o mundo do hip-hop parou e prestou atenção nela. Leshurr (leia-se lechá) lançou uma série de 4 vídeos nos quais faz um freestyle em cada um. O último deles, “Queen’s Speech Ep.4″ é ESPETACULAR. Já está aqui aberto no meu browser desde agosto (juro!) e vez e outra dou o play de novo. Sempre esperando um momento para trazer para vocês. Com esse post, posso finalmente fechar essa aba do meu Chrome e salvar as quatro partes no meu Spotify.

“BRUSH YO TEETH! BRUSH YOU TEETH! BRUSH YO TEETH!”

Já viram que quando uma pessoa é estrela dá para notar né? O vídeo é tão simples e tão cativante. O flow dela é sensacional. Não precisa de muita produção. É só começar a soltar seus versos e já fico aqui gritando  “HEEEYYYY! HEEYYYY!“.

E ela tem uma postura muito louvável em relação ao seu papel no rap. Em 2014 ela recusou uma oferta da Atlantic Records por causa do approach da gravadora, que chegou para ela e disse: “a sua competição é a Nicki Minaj e nós vamos chutá-la pra longe.” A rapper ficou fula da vida, porque não aguenta mais ver a indústria tentando colocar uma mulher contra outra. Que ela tem total razão né? Sempre que aparece uma cantora nova tentam desqualificar outra, ao invés de celebrarem que temos cada vez mais mulheres no jogo.

“I’ll be Beyoncé to these girls and I’ll MICHELLE THEM!”

Hahahahaha Olha esses versos dela. Por favor. Não é só o flow que é para aplaudir de pé, mas o bom humor e a criatividade nas letras. Ela ia lançar o “Queen’s Speech Ep. 5″ agora no Natal, mas o produtor teve um problema no Mac e não conseguiu terminar. :( Dramas de artistas independentes, né?

Ela me lembra um pouco a Azealia Banks, tanto fisicamente quanto no jeito que faz rap, e se a Zezé cavou a própria cova e praticamente sumiu do mundo, seria legal se Leshurr tivesse a chance dela. “Blazin'” é uma faixa eletrônica com vocal da Lady, e nos lembra bastante “Chasing Time” ou “Esta Noche” da Miss Banks.

Quem já está venerando Lady Leshurr como eu? Queria muito que ela brilhasse e fosse a primeira rapper superstar do Reino Unido.

Comentários

comentários

Deixe uma resposta