5 parcerias incríveis que já aconteceram em 2016 e ninguém esperava

parcerias

O que tá acontecendo? 2016 é o ano das parcerias? Parece que todo mundo quer se juntar com alguém para dar uma nova cara para suas músicas já lançadas!

Separei aqui algumas novidades sensacionais que explodem a nossa cabeça. Quem já imaginou Years & Years com Tove-Lo? E Sean Paul com Sia? Surreal.

Primeiro vamos começar pelo Years & Years que, depois do vídeo de “Eyes Shut“, resolveram relançar “Desire”. A música era um dos grandes destaques do primeiro EP deles, mas quando o disco “Communion” chegou já estava um pouco velha. Agora tentam dar uma nova vida para essa faixa com a participação de ninguém menos que a Tove-Lo. Para isso trouxeram um vídeo novo também, que ficou mais legal que o original, e provavelmente até com mais pegação. Só faltou a Tove-lo. Contando com o vídeo do Gryffin Remix, esse é o terceiro clipe de “Desire”.

Sia e Sean Paul é uma coisa que nunca imaginei que acontecesse, mas se fosse ser em alguma música, teria que ser na animada “Cheap Thrills” mesmo. A música até já tinha uma cadência meio reggaeton. O lyric video ficou uma graça, simulando um show de variedades da TV americana nos anos 50.

A moça da voz angelical, Shura, também relançou um single bem antigo. “Touch” é de 2014, mas com o rapper Talib Kweli, se tornou o primeiro single de seu recém-anunciado cd de estreia, “Nothing’s Real”. Mal posso esperar. Ainda amo “2Shy” e “Indecision”.

Lembram quando eu falei da Zara Larsson? A primeira (semi)  novidade dela de 2016 é a nova versão do hit “Lush Life”, que adora tem versos do rapper Tinie Tempah, um dos maiores do gênero no Reino Unido. Recentemente Tinie chegou ao topo das paradas de novo, com “Not Letting Go“, seu sexto #1 no UK, o que o transformou no artista com mais #1’s por lá nos anos 2010. Louco isso né? Aqui no Brasil ele não está no radar de muita gente.

Enfim, “Lush Life” já era sensacional, tinha que ter sido gravada pela Rihanna, e agora com o Tinie ficou mais legal. Tem até um remix dancehall com ele. E essa junção dos dois é uma via de duas mãos, porque Zara empresta vocais para o novo single dele, “Girls Like“, que provavelmente será o sétimo #1 dele, rs.

E para encerrar, Miguel com Kacey Musgraves. Quando eu li isso fiquei completamente confuso, porque a Kacey é uma cantora country, e com o Miguel? Como assim? Pois bem, o remix de “Waves” com ela não só ficou incrível como é o melhor do EP “Rogue Waves”, que só tem remixes de “Waves”, haha. O remix do Tame Impala também é muito bom.

E aí? Qual é a colaboração mais inesperada? Qual a sua favorita?

Comentários

comentários

Deixe uma resposta